aracruz

Fiscalização intensiva da Semam resulta em apreensões de pesca irregular durante andada do caranguejo no estuário do Piraquê-açu

Durante a recente andada de caranguejos no estuário do Piraquê-açu, que ocorreu entre os dias 11 e 16 de março de 2024, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM) lançou uma operação de fiscalização rigorosa. A ação, que envolveu patrulhamento por terra e água, visava combater a pesca irregular e proteger a biodiversidade dos manguezais da região.

Ao longo dos seis dias de operação, a equipe da SEMAM realizou incursões constantes no estuário dos rios Piraquê-mirim e Piraquê-açu, inclusive respondendo a denúncias recebidas através do Plantão de Fiscalização da secretaria. Mais de 1.300 caranguejos e guaiamuns foram resgatados, evidenciando a escala da atividade ilegal na área.

As apreensões não se limitaram apenas aos animais. Mais de 80 pessoas foram abordadas dentro dos manguezais e duas embarcações foram confiscadas. É importante ressaltar que a maior parte das apreensões ocorreu durante a madrugada, demonstrando a necessidade de vigilância contínua durante todo o período da andada.

Diante desses números alarmantes, a SEMAM faz um apelo à comunidade para que denuncie qualquer atividade de pesca irregular que testemunhe. A colaboração dos cidadãos é fundamental para garantir a preservação dos recursos naturais e a sustentabilidade dos ecossistemas costeiros.

(DA REDAÇÃO \\ Gut Gutemberg)

(INF.\FONTE: Internet \\ Isabela Lamego)

(FT.\CRÉD.:  Internet \\ Divulgação)